Orientações ao Viajantes

 

Macapá/Amapá/Brasil sediará o VII Fórum Social Pan-Amazônico, no período de 28 a 31 de março de 2014. Além do País sede, também participarão: Peru, Equador, Bolívia, Colômbia, República Cooperativa da Guiana, Venezuela, Guiana e Suriname. Além de representantes de diversos outros países do mundo.

Neste cenário, onde se reúnem grande número de pessoas, e intenso trânsito internacional, existe a possibilidade de maior do risco de disseminação de doenças, na sua maioria de natureza infecciosa, seja através de contato direto entre humanos, de ingestão de alimentos contaminados ou de outras exposições.

Este documento possui as principais orientações aos participantes, visando prevenir a ocorrência de doenças infecciosas e outros agravos à saúde em saúde.

 Vacinação

Segundo o Regulamento Sanitário Internacional-2005 (RSI-2005) a situação da febre amarela e do sarampo é considerada uma Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional (ESPIN), e diante do cenário epidemiológico, recomenda-se que:

* Os viajantes devem estar com as vacinas contra febre amarela e sarampo atualizadas antes de viajar;

* A vacina contra febre amarela deve ser realizada, 10 dias antes do embarque e a vacina contra sarampo com 15 dias antes da viagem, de acordo coma as normas preconizadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI).

IMPORTANTE

Nunca viaje com esquema vacinal pendentes ou desatualizado.

A vacina é a medida mais eficaz e segura para a prevenção de várias doenças

Doenças de Transmissão Hidrica-Alimentar

Um dos principais problemas que ocorrem em viagens nacionais ou internacionais é a diarréia, ocasionada pelo consumo de água e alimentos contaminados ou pela ingestão de alimentos gordurosos ou com excesso de “tempero local”. Além da diarréia, podem ocorrer outras doenças de transmissão hídrica-alimentar com sinais e sintomas mais graves, levando a desidratação e choque. Outros sintomas alem das náuseas, vômito e diarréia podem estar presentes: febre, fraqueza, dor no corpo, dor nas articulações, aumento de gânglios, e até paralisia, entre outros.

A doença de Chagas aguda de transmissão alimentar apresenta sinais e sintomas: febre por mais de 07 dias, dor de cabeça, cansaço generalizado, inchaço nas pernas e no rosto, náuseas e dor de estômago.

Para evitar a ocorrência dessas doenças é necessário estar sempre atento à segurança e qualidade do que você ingere.

Siga as seguintes sugestões, que são de aplicação geral:

• Lave as mãos com água e sabão antes de comer;

• De preferência ao consumo de água mineral, caso contrário tente ferver ou tratar a água; para isso, filtre a água e depois coloque 2 gotas de Hipoclorito de sódio a 2,5% em 1 litro de água e aguarde por 30 minutos antes de consumir.

• Não se esqueça de lavar ou descascar as frutas e verduras;

• É interessante levar nos passeios seu próprio alimento, dê preferência a alimentos prontos e industrializados e que podem ficar fora de refrigeração e não estragam com o calor.

No momento da aquisição de alimentos, observar:

* Dê preferência a restaurantes e lanchonetes que tenham sido vistoriados pela vigilância sanitária – Licença de Funcionamento do ano em exercício, expedido pela Vigilância Sanitária Municipal, afixado em local visível e se está dentro do prazo de validade.

* Em caso de consumo de açaí ou bacaba observe se o batedor onde você compra o açaí está com sua licença de funcionamento atualizada.

IMPORTANTE

O consumidor também é responsável pelo que come!

Não compre em estabelecimento inadequado!

Doenças transmitidas por vetores e zoonoses

 

A maláriaé uma doença grave, mas que pode ser evitada com a participação da comunidade.

É transmitida pela picada de um mosquito infectado. Se você for à passeios em área de transmissão da doença ou se tiver vindo de área de ocorrência comum de malária, fique atento ao surgimento de alguns sintomas:

ü  acesso de febre e frio (tremedeira).

ü  dor no corpo,

ü   dor de cabeça,

ü   fraqueza,

ü  suor abundante,

ü  vômito

É importante que o diagnóstico seja precoce, devendo ser em até 24 horas após os primeiros sintomas, e o tratamento imediato.

Em caso de passeios para área de transmissão, recomenda-se a prevenção contra picadas de mosquitos:

ü  Evitar tomar banho no rio ou igarapé no final ou ao amanhecer, pois é nesse horário que o mosquito ataca;

ü  Se possível sempre dormir protegido por mosquiteiros

ü  Dormir em local com telas nas janelas e portas.

            A dengue é uma doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, os casos suspeitos apresentam febre e mais um dos sintomas a seguir:

dor de cabeça,

dor nos olhos,

dores musculares e articulações,

manchas avermelhadas pelo corpo.

 

CONTATO DIRETO OU INDIRETO COM ANIMAIS

Em caso de contato acidental, mordedura, lambedura ou arranhadura por mamíferos(ex. cão, gato, morcego, etc.), lave o local atingido com água corrente e sabão, e procure imediatamente assistência de saúde para avaliação e, se necessário, aplicação da vacina e/ou soro anti-rábico.

Os acidentes com animais peçonhentos mais comuns são: por escorpiões, serpentes, aranhas, abelhas, lagartas e arraias (peixe da região que possui ferrão na cauda).

Para prevenir acidentes com animais procure seguir a seguintes recomendações:

ü  Evite contato direto com animais vivos ou mortos;

ü  Evite caminhar descalço em áreas de matas ou plantações. Preferencialmente utilize calça e botas de cano longo ou bota com perneira (que protejam até o joelho);

ü  Não coloque a mão em buracos, cuidado ao sentar em pedras e, acima de tudo, não manipule esses animais, por mais inofensivos que eles pareçam;

ü  No caso específico de aranhas e escorpiões, vistorie roupas e calçados antes de vesti-los e toalhas ou capas antes de utilizá-las;

ü  Durante a realização de trilhas ou caminhadas ecológicas examine cuidadosamente os locais onde for apoiar-se (por exemplo, árvores, rochas, etc.).

 

Doenças de Transmissão Respiratória

 

A doença de transmissão respiratória mais comum é a gripe, que é uma doença infecciosa de natureza viral e de alta transmissibilidade. É responsável por elevada morbimortalidade, principalmente em grupos de maior vulnerabilidade.

Atualmente, entre as causas de gripe, considera-se a de maior importância epidemiológica em todo o mundo aquela causada pelo vírus Influenza Pandêmica (H1N1)2009, conhecida como Gripe A ou H1N1.

 

Outros eventos de transmissão respiratória que merecem atenção:

ü  Sarampo, Rubéola e outras doenças virais de transmissão respiratória (varicela, caxumba): é de ocorrência comum em eventos que envolvem pessoas de diferentes países e preveníveis por vacina, a recomendação aos viajantes é que sejam vacinados previamente para evitar o contágio. No Brasil a vacina contra o sarampo é obrigatória independente da ocorrência destas situações.

ü  Doença Meningocócica: doença grave, cujos principais sinais e sintomas são: mal-estar súbito, febre, prostração, manifestações hemorrágicas na pele (petéquias e equimoses), dor de cabeça, náuseas, vômitos e rigidez de nuca. Caso o viajante apresente alguns desses sintomas deverá procurar imediatamente assistência médica.

Medidas de prevenção de doenças de transmissão respiratória devem ser adotadas:

 

*  Lave as mãos com água e sabão antes das refeições, antes de tocar os olhos, boca e nariz e após tossir, espirrar ou usar o banheiro;

*  Evite tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies contaminadas;

*  Proteja com lenços (preferencialmente descartáveis) boca e nariz, ao tossir ou espirrar, para evitar disseminação de aerossóis;

*  Indivíduos doentes devem ficar em repouso, utilizar alimentação balanceada e aumentar a ingestão de líquidos. Evitar aglomerações, ambientes fechados e contato com outras pessoas sadias;

*  Mantenha os ambientes ventilados;

*  Esteja sempre atento ao apresentar sintomas respiratórios de maior gravidade (falta de ar) e procure imediatamente assistência médica.

 

IMPORTANTE

Caso apresente qualquer dos sintomas acima mencionados procure o Posto de Saúde mais próximo. Não tome Medicamento sem consultar o médico.

 Em caso de acidente não realize procedimentos caseiros, procure imediatamente o serviço de saúde local.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s